Publicidade

Escrever sobre Arte, com suas amplas vertentes, é algo, no mínimo delicado. Por tantos estudiosos discordarem entre si sobre o tema, imagina outros tantos leigos...

Neste emaranhado de ideias, manifesto aqui, parte de minha concepção sobre referente assunto.

Partimos do ponto de partida que Arte tem como meta final gerar polêmicas, questionar em suas seis ramificações iniciais ou as agregadas no decorrer da história como o cinema e a fotografia.

O estranhamento provocado pela Arte em tantos aspectos permite a cada cidadão ter seu entendimento que, muitas vezes, é adverso aos críticos da mesma.

Não poderia ser diferente as revoluções culturais que a Arte provocou e provoca no Brasil e no exterior. Fazer pensar, questionar tantos aspectos, veja na religião, na política, e mesmo em segmentos pouco difundidos.

Em hospitais e clínicas em geral segmentos da Arte auxiliam na recuperação de várias enfermidades, tanto em crianças, adultos e idosos.

Se por um lado a Arte faz pensar, por outro incomoda muitos setores e mesmo classes que buscam a censurar de várias maneiras. Como vemos em tantos momentos da História Geral mundo afora.

Não seria diferente no Brasil, mais precisamente na capital de nosso Estado. Ouvi de várias pessoas que, por se tratar de exposição fechada, onde quem tivesse interesse iria visitá-la, não teria a necessidade de fecha-la antes do término do período previsto.

Ressalto a Arte questiona, vi várias entre as obras expostas, e acredito que realmente mexeu com segmentos contrários e, estes moveram manifestações virtuais, que estão em seu direito, mas castrou a possibilidade de outras pessoas terem acesso as obras de Arte aí expostas.

Por outro lado, gerou grande polêmica nacional e, acredito que muitas entre as obras terão seus valores de venda considerável aumento.

Imagem: Reprodução/internet

Sobre o autor Roque JR

Roque JR é graduando em Sociologia e História na UCS, ambos os cursos mais de 50% das disciplinas cursadas. Fotógrafo há quase três décadas. Lançou sua primeira obra literária em 1999. Editor e historiador, já publicou 18 obras literárias. Foi fundador do CASFF, da UFES, do LEO Clube Farroupilha Imigrante, militante em várias áreas em especial no meio estudantil entre 1987-2014. Atualmente dedica-se a Literatura; à Luta antimanicomial, Saúde Mental e Saúde Pública.

Visitar site do autor

Lista de Artigos de Roque JR