Publicidade

Roque JR

78 - Temos que entender de política!

Em primeiro lugar quero deixar detalhe relevante, estou refazendo totalmente esta crônica, ontem, por meu pequeno descuido e formas diferenciadas de tratar o arquivo no smartphone perdi o arquivo que, pronto, estava encaminhando à publicação.

Em muitos momentos nos deparamos, na História, com falhas de grande parte da população, onde parcela de sua opinião estaria equivocada, prova disso que, passado algum tempo, o pedido de desculpas e o reconhecimento da falha. Como já citei em outros momentos, entendo como espiral a História, fatos voltam a ocorrer quase que idênticos.

Em cada eleição novos acontecimentos, outros antigos, ampliam o desinteresse por grande parte dos eleitores para entenderem fatos políticos e econômicos. Grupos que “financiam politiqueiros”, os próprios grandes meios de comunicação em geral denigrem a boa política, àquela que procura criar leis para melhorar a vida da grande maioria da população, buscar condições de melhora na educação, na saúde, entre outros pontos fundamentais.

Recentemente, houve acesso de melhores condições, ascensão de muitos para ter a possibilidade de adquirirem muitos bens, desde melhores compras em mercados de seus bairros, passando à aquisição de seu primeiro veículo, muitos outros de sua casa própria.

A economia é fator que anda junto com a política, os grupos, mesmo que minoria, de políticos que defendem, de fato as classes menos favorecidas, poucas vezes tem acesso às cadeiras legislativas e mesmo aos executivos.

É bom lembrar que nos poucos momentos que isso ocorre, muitíssimos avanços no cotidiano da grande maioria da população ocorrem. Não podemos negar esses avanços nas três recentes gestões do governo federal, anterior ao recente Golpe.

Precisamos desde já, estarmos mais atentos a “certos acordos”, outras politicagens, estas que procuram o bem apenas de meia dúzia de pessoas ou empresas. Se avizinha outra eleição e precisamos pensar, enquanto sociedade, de forma diferente a 2014, quanto se elegeu o pior, mais conservador, Congresso Nacional e com muitas irregularidades jurídicas.

Congresso esse que derrubou conquistas que os movimentos sociais e a sociedade como um todo demoraram décadas para construir ou aperfeiçoar, e em recentes canetaços, sem o menor debate junta a sociedade, esse governo golpista está retornando ao regime de escravidão.

Reforçando, procure acompanhar um pouco mais de perto as “transações politiqueiras” que está rondando à atual vida política brasileira, e estude bem os candidatos que irás depositar teu voto nas próximas eleições. E mais, acompanhe-o após a eleição. A grande maioria da população nem lembra em quais candidatos que depositou seu voto nas duas recentes eleições.

 

Sugestões de outras colunas:

44 - Vamos sentir falta de nossos dias

Sobre o autor Roque JR

Roque JR é graduando em Sociologia e História na UCS, ambos os cursos mais de 50% das disciplinas cursadas. Fotógrafo há quase três décadas. Lançou sua primeira obra literária em 1999. Editor e historiador, já publicou 18 obras literárias. Foi fundador do CASFF, da UFES, do LEO Clube Farroupilha Imigrante, militante em várias áreas em especial no meio estudantil entre 1987-2014. Atualmente dedica-se a Literatura; à Luta antimanicomial, Saúde Mental e Saúde Pública.

Visitar site do autor

Lista de Artigos de Roque JR