Publicidade

alt

Em religião, ética e filosofia, bem e mal refere-se à avaliação de objetos, desejos e comportamentos, através de uma visão dualística, onde uma delas é do moralmente positivo e a outra do moralmente negativo. Por definição, bem e mal são absolutos porque qualquer enunciado moral afirma ser válido, independentemente de quem o faz. A natureza da bondade tem recebido muitos tratamentos, onde o bem é baseado no amor natural, vínculos e afetos. Por vezes, o mal é atribuído à existência do livre arbítrio (vontade livre de escolha) e da agência humana (capacidade dos seres humanos em fazer escolhas e impô-las ao mundo).

Alguns argumentam que o mal em si baseia-se na ignorância (falta de conhecimento) da verdade. Alguns pensadores do iluminismo (poder da razão) alegaram o oposto, sugerindo que o mal era aprendido como consequência de uma estrutura social tirânica.

Ser do bem não vai salvar você do mal. O que vai salvar você do mal é estar pronto para enfrentá-lo. O mal deve ser enfrentado com a mobilização das pessoas, com a força das ideias e ações dos bons. Mas fazer isso não impede que o mal confronte você e, nessa hora, é preciso estar preparado para se defender e reagir.

O mal é minoria, mas é constante, imutável em sua essência e só muda de vez em quando, mas é sempre a mesma coisa: expressão do ódio, sem causa definida, sem motivo racional. Em outros contextos, o bem é visto como algo que produz as melhores consequências na vida das pessoas, especialmente em relação a seus estados de bem estar.

Antes de colar um adesivo, vestir uma camiseta ou tatuar frases de efeito no corpo, os cidadãos deveriam refletir sobre o quanto têm sido hipócritas, egoístas e inimigos do bem, principalmente os que possuem boa formação. Mas só vamos mudar, efetivamente, quando pararmos de agir como se o mundo girasse em torno de nós e nos colocarmos no lugar do próximo.

Ame seus inimigos, faça o bem para aqueles que te odeiam, abençoe aqueles que te amaldiçoam, reze por aqueles que te maltratam. Se alguém te bater no rosto, ofereça a outra face.