Publicidade

Na noite desta segunda-feira (19), o Brasil de Farroupilha recebeu a equipe do Passo Fundo, fechando a 3ª rodada da Divisão de Acesso. Em um jogo com 4 gols, o placar final ficou empatado em 2 a 2.

O primeiro tempo começou com o Brasil de Farroupilha buscando atacar o adversário pelos lados do campo. Aos 12 minutos, Gustavo Moura recebeu a bola em frente a grande área, de costas para o gol, girou e finalizou forte, mas o goleiro Villa estava bem colocado para praticar a defesa. No lance seguinte, aos 13 minutos, novamente Gustavo Moura finalizou cruzado de fora da área, mas o goleiro caiu bem para fazer a defesa. Só dava Brasil, aos 14 minutos Anderson carregou bem a bola após a roubada no meio de campo de Vanderson, finalizou forte de fora da área, mas a bola saiu ao lado direito do gol de Villa. Aos 18 minutos, Hamílton recebeu e dominou a bola dentro da área, girou no marcador e chutou forte, mas o goleiro estava no meio do gol, conseguindo praticar bem a defesa. O centro avante Hamilton levou perigo novamente aos 34 minutos, quando desviou a bola de cabeça após o cruzamento e a bola saiu pela linha de fundo. O lance que mais levou perigo foi aos 38 minutos, quando Diego Santos fez linda jogada pelo lado esquerdo, tabelou com o centro avante Hamílton e abriu a bola do lado direito para Gustavo Moura, que de frente para o gol, finalizou para fora. O Brasil dominava todo o primeio tempo, até que aos 41 minutos, o Passo Fundo abriu o placar com o jogador Thiago Costa.
Assim finalizou o primeiro tempo, com domínio total dos donos da casa e a equipe visitante aproveitando um único lance no final da partida.

A segunda etapa começou a todo vapor, logo aos 2 minutos, João Pedro fez o cruzamento dentro da grande área do Passo Fundo, Gustavo Moura cabeceou tentando encobrir o goleiro, mas o mesmo conseguiu praticar bem a defesa. Surpreendentemente o Passo Fundo ampliou o placar aos 3 minutos, quando o centro avante Maicon Santana cabeceou a bola sozinho dentro da grande área do Brasil, colocando 2 a 0 de vantagem no placar. Na saída do meio campo, aos 4 minutos Leo Vacaria avançou pelo lado direito, finalizou forte de fora da área e a bola explodiu na trave, quase diminuindo para os donos da casa. Aos 5 minutos, Anderson fez a cobrança de faltan a cabeça de Gustavo Gomes, que desviou e empurrou a bola para o fundo das redes do Passo Fundo, diminuindo para o Brasil e deixando a partida com o placar em aberto. Aos 12 minutos, o jogador Nattan da equipe do Passo Fundo recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. O Brasil seguia dominando a partida, mantendo o controle e a posse de bola. Aos 23 minutos, a equipe rubro-verde conseguiu trabalhar bem a bola, quando Léo Vacaria recebeu a bola em frente a grande área, finalizou e a bola subiu demais. Aos 25 minutos, o camisa número 10 Anderson finalizou mais uma vez de fora da área, um lindo chute, mas a bola insistia em não entrar e saiu para fora. Aos
31 minutos o Brasil quase chegou ao empate com o lateral esquerdo Diego Santos, que recebeu a bola de Schumacher dentro da área, finalizou forte, mas o goleiro Villa conseguiu praticar bem a defesa.
Aos 40 minutos, Pedro recebeu a bola dentro da área, finalizou de perna esquerda, no ângulo o goleiro do Passo Fundo conseguiu buscar.
No lance seguinte, após cruzamento dentro da grande área, o centro avante Hamílton subiu mais alto que todo mundo e empurrou a bola para o fundo das redes do Passo Fundo, empatando a partida em 2 a 2.

Assim terminou a eletrizante partida nas Castanheiras. Mesmo estando em desvantagem por 2 gols de diferença, a equipe Rubro-Verde lutou até o final e conseguiu buscar o heroico empate.

O Brasil volta a campo na próxima quinta-feira (22), às 20 horas, no Estádio das Castanheiras, diante do Glória de Vacaria, em mais um Clássico Serrano.

Ficha técnica:

Brasil de Farroupilha: Jean, Léo Vacaria (Schumacher), Benhur, Gustavo Gomes, Diego Santos, Vanderson, Júlio Cesar, Anderson, Gustavo Moura (Itamar), João Pedro (Pedro); Hamílton. Técnico: Fernando Agostini

Passo Fundo: Villa, Diogo Bahia, Ludwig, Miller, Alan Bald, Thiago Costa, Nattan, Paim (Felipe Chagas) , Caetano (Daniel), Chimbica (Alex); Maicon Santana. Técnico: Rodrigo Ferrari

Gols: 41’1T Thiago Santos (PF); 3’2T Maicon Santana (PF); 5’2T Gustavo Gomes (BF); 40’2T Hamílton (BF).

Foto:Leonardo Antunes | Adriano Padilha | Fonte: Assessoria de Comunicação Serc Brasil