Publicidade

"A Sociedade Esportiva Recreativa e Cultural Brasil vem a público a fim de esclarecer os fatos que culminaram com o cancelamento da partida que seria realizada neste domingo, 09 de Setembro no Estádio das Castanheiras válida pela 7° rodada do Campeonato Gaúcho de Futebol Feminino.

O cancelamento deu-se após a ambulância da partida apresentar-se para o acompanhamento da partida com 01 (uma) hora e 02 (dois) minutos de atraso.

Relatamos que os serviços de ambulância são contratados pelo nosso apoiador Secretaria Municipal de Esporte, Lazer e Juventude que o fez ainda na terça-feira, dia 04 de Setembro contratando a empresa UNIÃO ASSISTENCIAL e possui comprovação documental da contratação do serviço. O fato que a referida não compareceu no local e horário firmados, onde a arbitragem estipulou uma tolerância de 01 (uma) hora para que a ambulância contratada ou outra que preenchesse os requisitos se fizesse presente. Dessa forma ao tentar contato com a empresa contratada e não obtendo êxito, buscou-se uma contratação de emergência na cidade e arredores na tentativa de cumprir-se o horário estipulado. Após inúmeras tentativas por se tratar de um feriado prolongado onde a demanda desses serviços cresce consideravelmente, conseguimos um atendimento com o sempre prestativo Resgate Voluntário de Farroupilha, que sempre que possível auxilia a SERC Brasil em todos os seus projetos.

A equipe Resgate Voluntário, agilmente montou uma equipe e se deslocou até o Estádio, chegando 02 (dois) minutos após o prazo estipulado pela equipe de arbitragem. Mesmo assim, a pedido da direção da SERC Brasil, a equipe de arbitragem prontificou-se a utilizar do bom senso e realizar a partida, fato que não foi de concordância da equipe do E.C Ijuí, que negou-se a disputar a partida amparando-se no regulamento.

 Diante disso a SERC Brasil desculpa-se com seus torcedores, sócios, atletas e funcionários, bem como com a equipe de arbitragem e veículos de imprensa que estavam no local e afirma que o Departamento Jurídico já está mobilizado para realizar a defesa perante ao TJD da Federação Gaúcha de Futebol e também em conjunto com a Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude tomar as providências necessárias para com a prestadora do serviço de ambulância que foi negligente com a entidade e comunidade farroupilhense.

 Em tempo, também lamentamos a atitude da equipe do E.C Ijuí, que negou-se a contribuir com seu bom senso, em função de 02 (dois) minutos. Além disso a mesma entidade também já contou com o bom senso da SERC Brasil na rodada de nº3 quando por motivos de força maior decidiu cancelar a partida que seria realizada diante do Rubro-verde na véspera da mesma, quando a logística para a viagem a Ijuí já estava pronta. Naquele momento a SERC Brasil foi extremamente solidária para com o adversário, o que não houve por parte do E.C Ijuí na data de hoje, por isso lamentamos em nome da SERC Brasil e também do futebol feminino como um todo que no ponto de vista de nossa entidade precisa unir forças para crescer e o bom senso precisa imperar entre as entidades.

 

Sem mais,

 

ELENIR LUIZ BONETTO - Presidente"

Fonte: Assessoria de Comunicação Serc Brasil

Publicidade