Publicidade

As inscrições para o programa que oferece seis vagas de formação técnica para produções de uva e kiwi na cidade italiana de Latina iniciam na semana que vem.

A Prefeitura de Farroupilha, através da Secretaria de Desenvolvimento Rural e do Gemellaggio, oferece o Programa de Formação Técnica em Inovação no Agronegócio, na cidade de Latina, na Itália. Através do programa, seis jovens agricultores farroupilhenses terão a oportunidade de conhecer novas tecnologias nas culturas de kiwi e uva.

A Prefeitura, com valor de R$ 30 mil, fornece o transporte aéreo, as despesas com hospedagem e curso de formação com o objetivo de transmitir aos participantes todas as habilidades básicas necessárias aos procedimentos relativos ao trabalho, a fertilização do solo, semeadura, poda, colheita e outros processos de cultivo e produção vitivinícolas e do kiwi. Após o curso todos os participantes serão certificados pela ENADIL – Ente Nazionale per l’Addestramento e l’Istruzione dei Lavoratori, com sede em Latina, Itália. Já o aluno se responsabiliza com alimentação, transporte na cidade, seguro viagem e despesas pessoais.

As inscrições serão realizadas no período de 26 de fevereiro a 02 de março de 2018, na Secretaria de Desenvolvimento Rural. Os agricultores serão selecionados por comissão, através de critérios definidos no regulamento. O Curso será ministrado entre abril e maio, com duração de 30 dias.

O Município de Farroupilha e a cidade de Latina, na Itália, celebraram em 2009, o convênio de intercâmbio Gemellaggio, que visa à promoção e ampliação dos laços culturais e econômicos entre essas comunidades, nos termos da Lei Municipal n.° 3.508, de 16-5-2009, e da Delibera n.° 84, de 6-10-2009, Del Consiglio Comunale de Latina.  A partir desse tratado várias ações foram desenvolvidas, entre as quais propiciar intercâmbio e participação em programas didáticos, científicos e culturais entre as instituições.

Para o Secretário de Desenvolvimento Rural, Ricardo Bicca Ferrari, esse programa tem o objetivo de trazer novas tecnologias para o desenvolvimento da agricultura local, além de incentivar a permanência do jovem no campo. “É importante levar os jovens a conhecerem a realidade de uma região tecnologicamente evoluída na área de fruticultura, trazendo para suas propriedades e comunidade esse conhecimento.  Eles serão multiplicadores de seus conhecimentos em Farroupilha, viabilizando o emprego de novas tecnologias no desenvolvimento da agricultura local, sobretudo na produção de Kiwi e Uva. Além disso, esse convênio tem a finalidade de oferecer mais oportunidades para os jovens se fixarem na propriedade”.

REGULAMENTO

1 – Benefícios do programa:

O Programa prevê:

  • Até 6 vagas para participar do processo formativo em novas tecnologias na cultura de kiwi e uva em Latina, Itália;
  • Passagens aéreas ida e volta;
  • Alojamento;
  • Curso de formação fornecido pela Empresa Enadil com o objetivo de transferir todas as habilidades básicas necessárias aos procedimentos relativos ao trabalho e a fertilização do solo, semeadura, poda, colheita e outros processos de cultivo e produção vitivinícolas e do Kiwi. O curso será desenvolvido através dos seguintes módulos:
  1. O contexto: cultivação e agricultura no território italiano de Latina;
  2. Sistema agroalimentar: produção, processamento e comercialização;
  3. Técnicas de cultivo: plantas, sementes e frutos;
  4. Técnicas de armazenamento e conservação dos produtos e derivados agrícolas;
  5. Sistemas de defesa e de proteção do solo e culturas;
  6. Principais sistemas de produção agrícola: agricultura tradicional, integrada e orgânica;
  7. Normas e regulamentos de proteção e segurança do ambiente de trabalho.

 

2 – Compromissos do candidato:

O candidato assume as despesas com:

  1. alimentação;
  2. logística (deslocamentos até o local de trabalho e do curso);
  3. seguro viagem internacional;
  4. demais gastos pessoais.

 

O candidato deverá:

  1. enviar, através dos meios eletrônicos, relatório semanal das atividades desenvolvidas na propriedade italiana, inclusive com fotos;
  2. apresentar relatório completo de viagem;
  3. replicar os conhecimentos aos produtores.

 

3 – Inscrições:

3.1 Pré-requisitos:

  1. ser maior de 18 e menor de 35 anos;
  2. ser morador do município de Farroupilha;
  3. ser agricultor ou filho de agricultor, no exercício da atividade, preferencialmente na produção de kiwi e uva;
  4. residir na propriedade agrícola;
  5. não ter sido beneficiado por programas de intercâmbio ofertados pela Prefeitura de Farroupilha.

 

3.2 Documentos necessários à inscrição:

  1. CPF e Identidade;
  2. comprovante de residência;
  3. comprovante de escolaridade em curso técnico ou superior na área agropecuária ou administrativa, ou estar estudando nas respectivas áreas.

 

3.3 Local da Inscrição:

As inscrições deverão ser entregues na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural, localizada no Centro de Atendimento ao Cidadão – CEAC, Rua 14 de Julho, 713, e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., telefone (54) 3261-6931 ou 3261-6933.

 

3.4 Período para recebimento de inscrições:

A entrega da documentação deverá ser efetuada no período de 26 de fevereiro a 02 de março de 2018.

 

4 – Seleção:

4.1 Documentos necessários após a seleção:

  1. cópia do passaporte ou do protocolo de solicitação do documento;
  2. comprovante de conhecimento da língua italiana;
  3. ctermo de compromisso assinado.

 

4.2 Critérios de desempate:

  1. os candidatos que apresentarem formação superior terão preferência sobre os que possuírem formação técnica;
  2. os candidatos que possuírem formação superior ou técnica terão preferência sobre os que estiverem estudando;
  3. sorteio público.

 

4.3 Forma de Seleção

Os candidatos que cumprirem as condições  para a inscrição (item 5) serão avaliados por uma comissão formada pelo Secretário Municipal de Desenvolvimento Rural, Secretário Municipal de Turismo e Cultura, um representante da Secretaria Municipal de Gestão e Desenvolvimento Humano, Presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural, um representante da EMATER com sede em Farroupilha e o Presidente do Sindicato Rural que procederão a seleção dos candidatos através da análise de documentos.

Foto: Divulgação | Fonte: Assessoria de Imprensa e Comunicação Social da Prefeitura de Farroupilha

Publicidade