Publicidade

Voluntárias da Saúde receberam donativos arrecadados durante show de Humberto Gessinger

A comunidade de Farroupilha mais uma vez se mostrou engajada e solidária. Atendendo ao chamamento da Administração Municipal, participou da promoção realizada pela Fenakiwi doando alimentos não perecíveis para o Hospital São Carlos. Para obter desconto de até 25% no ingresso para o show de Humberto Gessinger, realizado no último sábado, o público precisava doar um quilo de alimento na bilheteria. O resultado foi maior do que o esperado. Foi arrecadada quase uma tonelada entre feijão, arroz, massa, farinha e outros.

Nesta quarta-feira, dia 2, a prefeitura entregou os mantimentos para as Voluntárias da Saúde. O secretário de Turismo e Cultura e presidente da Fenakiwi, Francis Casali, fez a entrega simbólica na sede da secretaria e os mantimentos posteriormente foram encaminhados para a casa de saúde. “Para nós é um orgulho muito grande continuar colaborando e ser o elo entre a comunidade e o hospital. Fomos apenas os facilitadores desta ação”, destacou. Estiveram presentes as voluntárias Louordes Refosco, Leani Felicetti, Iria Grisi, Irma Doncatto.

Para a voluntária Lourdes Refosco, a doação é muito importante para ajudar na manutenção do hospital. “É realmente impressionante o envolvimento da comunidade, que atende ao nosso chamado”, destacou.

Segundo Lourdes, mensalmente a entidade destina cerca de R$ 50 mil para a alimentação. Entre os principais itens consumidos está o leite, o café, além de azeite, gelatinas e pudins. “Estas seriam as prioridades para as pessoas que pretendem fazer doações, uma vez que já recebemos e temos recebido constantemente arroz, feijão e farinha e o estoque já está adequado”, salienta.

As voluntárias ressaltam ainda que são necessárias doações de papel higiênico, guardanapos, detergente, copos plásticos de 50 ml e 150 com tampa. “Muitas vezes as pessoas focam as doações no arroz, feijão e farinha, mas o hospital é como um grande restaurante e também precisa de legumes, verduras e outros itens. Apenas no leite, são 360 litros por semana, por isso também precisamos destes alimentos”, pondera Lourdes.

Conforme Leani Felicetti, também é importante ressaltar que várias urnas de arrecadação do troco solidário estão espalhadas pelo comércio do município. “Conseguimos sensibilizar os moradores para entregar seus trocados nas caixinhas e, com isso, estamos tendo bastante retorno”, avalia.

Foto: Adroir Fotógrafo e Jonas Viega | Fonte: Assessoria de Imprensa e Comunicação Social da Prefeitura de Farroupilha