Publicidade

Instalação de GPS garante segurança, economia, eficiência e transparência dos gastos públicos

Seis veículos da frota da Prefeitura de Farroupilha já contam com o sistema de rastreamento. A instalação do equipamento, que registra a localização do veículo através do Sistema de Posicionamento Global (GPS), foi feita no início desta semana. De forma gradativa, toda a frota, incluindo automóveis, máquinas e caminhões receberá o dispositivo.

De acordo com a Secretaria de Gestão e Desenvolvimento Humano, a Prefeitura está apostando na tecnologia para gerar economia de combustível, garantir segurança para os servidores, manter a eficiência e a transparência do serviço público, além de preservar a frota. O sistema registra a hora que o veículo partiu, por onde o passou, o tempo que gastou, quem estava dirigindo e a que horas retornou. Pela internet, os dados da movimentação e os históricos de deslocamento podem ser consultados em tempo real.

Conforme o Secretário Municipal, Vandré Fardin, o investimento inicial será de R$ 108 mil nos doze primeiros meses. Se o contrato com a empresa que ganhou a licitação for prorrogado, haverá apenas o custo de manutenção, que gira em torno de R$ 7,5 mil mensais para 110 veículos. Para ele, o investimento é baixo comparado com o benefício. “Apenas nos combustíveis, estimamos uma economia de 30% com a implantação do sistema. Além disso, com o monitoramento, os condutores certamente terão um cuidado ainda maior com os veículos, evitando algum dano”, salienta o Secretário.

Sobre a segurança que o sistema proporcionará, Fardin garante que a frota e os próprios servidores estarão mais protegidos. Apenas o funcionário cadastrado e autorizado a utilizar determinado veículo poderá dar a partida e um controle remoto poderá impedir que o veículo seja acionado. “Se for necessário deixar a frota toda parada no final de semana, teremos este controle, evitando até mesmo o furto e, caso ocorra, poderemos localizar e rastrear o seu paradeiro”, exemplifica.

Outro ponto positivo do investimento é a transparência dos serviços. Uma vez que o cidadão venha a questionar a presença de determinado veículo em algum local, o sistema poderá investigar se o servidor responsável está a trabalho, o que está fazendo e qual é o objetivo do deslocamento. “Por meio da Ouvidoria da Prefeitura, o cidadão pode questionar, denunciar e colaborar com o nosso trabalho e teremos condições, por meio do sistema, de dar as explicações e responder as dúvidas do nosso contribuinte. Com tudo isso, ganha toda a comunidade, qualquer ação feita dentro da prefeitura a comunidade precisa saber e tem o direito de saber”, finaliza Fardin.

Fotos: Divulgação | Fonte: Assessoria de Imprensa e Comunicação Social da Prefeitura de Farroupilha