Publicidade

O diretor administrativo da Secretaria Municipal de Educação (SMED), Gelson Parodes esteve explanando aos vereadores sobre o transporte escolar em Farroupilha. Sua vinda foi aprovada por todos parlamentares através do requerimento 102/2017 de autoria do vereador presidente Fabiano Piccoli.

O transporte escolar no município ocorre através de concessões, licitações e de forma privada, esta última de responsabilidade do Departamento de Trânsito.  Segundo Parodes, Farroupilha possui um a extensa malha viária, e algumas com difíceis acessos para veículos de grande porte, não oportunizando o recolhimento de estudantes em pontos fora das paradas de ônibus.

A parceria, através das concessões, oportuniza um acompanhamento do jovem em sala de aula. Conforme a explanação do diretor da SMED, após realizar o cadastro junto a empresa, o estudante tem as passagens marcadas, permitindo que haja o controle com a frequência de aula.

A empresa licitada tem seu contrato até 2020, com a média de R$ 4 o quilometro rodado. Para esse ano deve-se dar início a uma nova licitação para o transporte escolar.

Foto: Gabriel Venzon | Fonte: Câmara de vereadores de Farroupilha