Publicidade

Em operação desde o início de outubro desse ano, o local para arrecadação e destinação de donativos já atua no auxílio às pessoas em situação de extrema pobreza e vítimas de calamidades como incêndio, alagamento, vendaval, entre outros.

Através das inúmeras doações feitas pela população de Farroupilha, o Banco Social já distribuiu, aproximadamente, mil peças de roupas a 86 famílias, e 40 itens de mobiliário para 20 famílias distintas. Tudo isso em apenas 42 dias de funcionamento.

A secretária Maria da Glória Menegotto ressalta que “é muito gratificante ver o projeto do Banco Social em funcionamento, pois notamos essa necessidade durante nosso início de trabalho na Secretaria de Desenvolvimento Social e Habitação, quando muitas pessoas vinham solicitar doações e outras que queriam fazer doações mas não sabiam direito para onde encaminhá-las”. E complementa que “o Banco Social é uma forma de usarmos recursos de forma sustentável e inteligente, através dele podemos dar utilidade para itens que estão obsoletos para uns e podem ser essenciais para outros, evitando assim desperdícios. Estamos muito satisfeitos com o trabalho até agora, pois ele demonstra o amor e carinho que a população farroupilhense tem com o próximo”.

O Banco Social atende de segunda a sexta-feira, das 08h às 11h30 e das 13h30 às 17h.

Arrecadação de doações:

As doações podem ser feitas diretamente no Banco Social, ou através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Habitação, localizada no Centro de Atendimento ao Cidadão – CEAC. Em caso de impossibilidade de deslocamento até os locais citados, o interessado em fazer a doação poderá agendar recolhimento através da equipe da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Habitação.

Antes de doar, é importante verificar se os itens se encontram em bom estado para reutilização de quem o necessita.

Distribuição de doações:

Aqueles em situação de vulnerabilidade poderão se dirigir até o Centro de Referência em Assistência Social – CRAS na área de abrangência do bairro onde residem para solicitar o recebimento de donativos. No momento da retirada é necessário que o cidadão esteja portando documentos e que comprove sua residência no município de Farroupilha.

Fotos: Adroir Fotógrafo | Fonte: Assessoria de Imprensa e Comunicação Social da Prefeitura de Farroupilha

Publicidade