Publicidade

Indígenas contarão com 12 casas que serão levantadas em três anos. Uma já foi concluída.

A primeira casa para os indígenas já está pronta e a segunda está em fase de construção. A medida faz parte de um acordo firmado entre o Ministério Público Federal e o Município de Farroupilha que visa a construção de 12 moradias em três anos nas duas aldeias. Nesta terça-feira, dia 28, a secretária de Desenvolvimento Social e Habitação, Maria da Glória Menegotto, visitou as obras na aldeia no Santa Rita.

O acordo entre Ministério Público Federal, Município de Farroupilha e comunidade indígena prevê a construção de 12 casas, sendo oito delas na aldeia indígena do Santa Rita e as outras quatro na aldeia do 4º Distrito em São Roque. Além disso, a Fundação Nacional do Índio (Funai) também já entregou três Kit Casas que foram instalados no Santa Rita e um em São Roque.

A construção de novas moradias na aldeia do Santa Rita evitará que os moradores da aldeia indígena sejam atingidos por novas enchentes, um problema histórico que causa transtornos à tribo, pois as antigas moradias edificadas estão muito próximas ao córrego que deságua da Barragem da Julieta.

Foto: Adroir Fotógrafo | Fonte: Assessoria de Imprensa e Comunicação Social da Prefeitura de Farroupilha