Publicidade

Cadastrar a documentação no Programa Nota Fiscal Gaúcha e solicitar o CPF na nota é um ato simples que beneficia muitas pessoas. Não somente o contribuinte que concorre ao sorteio mensal de prêmios. Mas, nesse caso, toda uma comunidade escolar.

Na etapa 53 do programa, que abrange o último trimestre de 2017, seis Conselhos de Pais e Mestres (CPMs) de Farroupilha foram contemplados com recursos por meio do Nota Fiscal Gaúcha. De um total de 12 CPMs do estado aptos a receberem recursos do Programa Nota Fiscal Gaúcha, metade dos contemplados são do município:

– CPM EMEF. Carlos Paese – R$ 1.500,00

– CPM EMEF. Zelinda Rodolfo Pessin – R$ 1.500,00

– CPM EMEF. Senador Teotônio Vilela – R$ 1.235,59

– CPM EMEF. Oscar Bertholdo – R$ 1.209,44

– CPM EMEF. Ilza Molina Martins – R$ 1.127,34

– CPM EMEF. Santa Cruz – R$ 1.077,85

O primeiro Conselho de Pais e Mestres de Farroupilha a receber recursos por meio do Nota Fiscal Gaúcha foi o da Escola Municipal Senador Teotônio Vilela, do bairro Industrial. O CPM foi premiado com cerca de mil reais, que foram utilizados para a manutenção de rotina do prédio.

O resultado é um dos frutos do Atitude Cidadã, iniciativa promovida pelas Secretarias de Educação e Finanças. O projeto incentiva as escolas a cadastrarem seus Conselhos no programa estadual como entidades sociais. Assim, elas ficam aptas a receber a indicação de qualquer contribuinte do RS para serem beneficiadas com o retorno de tributos.

Para colaborar com as escolas municipais de Farroupilha, é necessário cadastrar sua documentação no site www.nfg.sefaz.rs.gov.br e indicar um dos 12 Conselhos de Pais e Mestres habilitados.

Foto: Adroir da Silva | Fonte: Assessoria de Imprensa e Comunicação Social da Prefeitura de Farroupilha