Publicidade

Aprofundar o debate sobre o saneamento básico do município foi um dos objetivos do I Fórum Municipal da Água, realizado pela Câmara de Vereadores de Farroupilha na quinta-feira, dia 22, celebrando o Dia Mundial da Água.

Além das palestras para estudantes do município, da apresentação de um filme sobre a sustentabilidade, o evento teve apresentações da prefeitura sobre as ações desenvolvidas tanto para a melhoria do saneamento quanto para a preservação dos cursos d’água.

Segundo o prefeito Claiton Gonçalves, é preciso melhorar a estrutura de coleta e distribuição de água em Farroupilha. “É preciso uma água de qualidade, que garanta segurança aos farroupilhenses. Não podemos mais nos deparar com essas dificuldades que passamos hoje, de falta de água, de qualidade baixa”, declarou.

Preocupado com o tema, Claiton explanou ainda sobre sua participação no Fórum Mundial da Água ocorrido em Brasília, durante a semana. “Estamos muito preocupados com o tema água. O modelo de fornecimento precisa avançar. A água precisa avançar. A Corsan precisa nos responder e proporcionar investimento adequado”, salientou o prefeito.

Por fim, Claiton destacou a necessidade de união de esforços da comunidade, poder público e entidades para alcançar os objetivos. “O uso sustentável da água deve ser estudado. O custeio da água deve ser repensado e precisamos todos nos unir nesse tema que é mundial e que gera cada vez mais debates e discussão”, disse o prefeito.

 

Fundo Municipal
Entre as propostas do I Fórum Municipal da Água, está a criação de um fundo municipal para o qual poderia ser destinada uma parte dos recursos arrecadados pela Corsan. O dinheiro, estimado em R$ 1 milhão por ano, seria investido em obras e melhorias nas redes de coleta e tratamento de esgoto e de distribuição da água.

Presenças
A Secretaria de Planejamento, através do secretário Deivid Argenta e do engenheiro Rogério Pergher, apresentou as ações que podem ser realizadas em cada casa para melhor a utilização da água, como por exemplo captação da água da chuva e tratamento individual do esgoto.

A secretaria de Desenvolvimento Rural, através do diretor Rogir Centa, explanou sobre a proteção nas nascentes que está realizanda no interior. Quatro propriedades já foram contempladas e a pasta busca a realização de outras oito.

A Corsan fez-se presentes através do Diretor de Operações da Companhia de Saneamento, Eduardo Carvalho, do superintendente de Tratamento, Ivan Lautert e do Thiago Prestes do Departamento de Esgoto.

Fotos: Aléferson de Menez | Fonte: Assessoria de Imprensa e Comunicação Social da Prefeitura de Farroupilha