Publicidade

Vereadores receberam pela primeira vez em sessão a diretoria do Observatório Social (OS) de Farroupilha. Implantado no final de 2017, o Observatório apresentou suas diretrizes, metodologia e serviços realizados nos últimos 45 dias.

O grupo apartidário é formado por médicos, empresários, contadores, bancários, comerciantes entre outros, e tem a finalidade de auxiliar a administração pública de forma preventiva no que diz respeito aos processos de licitação. O OS também age na educação fiscal da população.

Segundo o coordenador do Observatório, Bruno Varisco, caso seja encontrado algum equívoco em um processo, o mesmo será alertado ao Executivo Municipal, não obtendo a correção, o caso será apresentado ao Poder Legislativo, e por fim, se necessário for, ao Ministério Público.

Ao longo dos 45 dias, já houve a inscrição de 65 voluntários que analisaram 24 licitações, entres essas solicitaram esclarecimentos de 12. Nenhum caso chegou à Câmara de Vereadores.

Estiveram presentes com Varisco, o presidente do OS, Carlos Paese, e os diretores Maurício Bianchi, e Paulo Schneider.

Foto: Gabriel Venzon | Fonte: Câmara de vereadores de Farroupilha

Publicidade