Publicidade

De 18 a 20 de junho, o Procon Farroupilha fiscalizou 16 postos de combustíveis do município. Todos os estabelecimentos foram notificados a apresentar as notas fiscais de compra e venda do diesel do dia 21 de maio, antes da greve, e do dia 1º de junho, após a greve. Eles têm prazo de 10 dias para apresentar os documentos. Após, o Procon vai analisar e verificar se está sendo aplicado o desconto de R$ 0,46 para o consumidor.

Foi verificado que todos os estabelecimentos estão dando o desconto, que varia de R$ 0,41 a R$ 0,46.

“Todos os postos que receberam desconto da distribuidora estão repassando para a bomba. O Procon ira verificar se foi da distribuidora que o desconto veio a menor. Nesse caso, a distribuidora será notificada e autuada” explicou o coordenador do Procon Farroupilha, Ademir Vanni.

Essa fiscalização se dá em decorrência da Resolução dos Procons da Serra que define padrões de fiscalização da redução do preço do diesel e envolve oito municípios: Antônio Prado, Caxias do Sul, Garibaldi, São Marcos, Bento Gonçalves, Farroupilha, Guaporé e Vacaria.

Foto: Divulgação | Fonte: Assessoria de Imprensa e Comunicação Social da Prefeitura de Farroupilha

Publicidade