Publicidade

No dia 07 de agosto, a Coordenadoria Municipal da Mulher, com apoio do CREAS (Centro de Referencia Especializado de Assistência Social) da Secretaria de Desenvolvimento Social e Habitação, OAB-RS através da Comissão da Mulher Advogada e Projeto Rede Voluntária, promoveu evento alusivo à Promulgação da Lei Maria da Penha, na Grendene. Cerca de 70 trabalhadoras, divididas em duas turmas, receberam informações sobre violência doméstica, Rede Voluntária, Lei Maria da Penha, empoderamento feminino, autoestima, fortalecimento, sororidade, rede de atendimento e a importância de denunciar a violência doméstica e familiar.

O encontro teve a participação Palestrantes de Fernanda Camargo da Silva, Coordenadora da Mulher, Raquel Bragagnhol, do CREAS, Silvia Trevisan, da Comissão da Mulher Advogada, e Jaqueline Perottoni, Master Coach – Rede Voluntária.

Lei Maria da Penha

A Lei Maria da Penha é um importante instrumento de educação e desconstrução da cultura machista. Em setembro de 2006, a Lei 11.340/06 entrou em vigor, fazendo com que a violência contra a mulher deixasse de ser tratada como um crime de menor potencial ofensivo, acabando com as penas pagas em cestas básicas ou multas e passou a englobar além da violência física e sexual, a violência psicológica, patrimonial e o assédio moral.

Foto: Divulgação | Fonte: Assessoria de Imprensa e Comunicação Social da Prefeitura de Farroupilha

Publicidade