Publicidade

O atendimento aos usuários do Cadastro Único passou por alterações. A partir de agora, os novos cadastros e atualizações de informações devem ser feitas somente nos Centros de Referência de Assistência Social – CRAS e Centro de Convivência Idosos São José.

Na semana passada, o Sistema do Cadastro Único para inclusão e atualização cadastral voltou a funcionar após período de instabilidade devido à implantação da nova versão do sistema por parte da Caixa Econômica Federal, e, junto com a normalização dos serviços, também ocorreram mudanças no atendimento aos usuários.

A partir de agora, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Habitação localizada no Centro de Atendimento ao Cidadão – CEAC conta apenas com a coordenação do Cadastro Único e não realiza mais atendimento direto ao público. Essa mudança visa uma melhoria através organização do fluxo de informações e descentralização de serviços. 

O município de Farroupilha conta com dois Centros de Referência de Assistência Social – CRAS, e os usuários devem procurá-los conforme a sua área de abrangência:

CRAS I – localizado na Rua Antônio Benvenutti, 67, Industrial. Atende os moradores dos seguintes bairros:

– Área urbana: América, Alvorada, Centenário, Medianeira, Monte Pasqual, Industrial e Ipanema.

– Área rural: Nova Milano e Vila Esperança.

Telefones para contato: (54) 3268.6969 / (54) 99948.2539

 

CRAS II – localizado na Rua da República, 540, Centro. Atende os moradores dos seguintes bairros:

– Área urbana: Bela Vista, Belvedere, Centro, Cinquentenário, Cruzeiro, Do Parque, Imigrante, Monte Verde, Nova Vicenza, Pio X, Planalto, 1º de Maio, Santa Catarina, Santa Rita, Santo Antônio, São Francisco, São José, São Luiz, São Roque, Vicentina e Volta Grande.

– Área rural: São Marcos, Vila Jansen e Nova Sardenha.

Telefones para contato: (54) 3268.1633 / (54) 9 9933.7346

 

Documentos necessários:

Documentação de todos os membros da família:

– Carteira de Identidade

– CPF

– Carteira Profissional

– Título de Eleitor

– Conta de Luz (RGE)

Companheiro(a):

– Carteira de Identidade

– CPF

– Carteira Profissional

– Título de Eleitor

Filhos(as):

– Certidão de Nascimento

– Carteira de Identidade

– CPF

– Carteira Profissional

– Título de Eleitor

– Atestado de Frequência Escolar (Bolsa Família)

 

Centro de Referência de Assistência Social – CRAS:

É uma unidade pública estatal de base territorial de proteção social básica do Sistema Único de Assistência Social – SUAS, que tem por objetivo prevenir a ocorrência de situações de vulnerabilidade e riscos sociais nos territórios, por meio do desenvolvimento de potencialidades e aquisições, do fortalecimento de vínculos familiares e comunitários e da ampliação do acesso aos direitos de cidadania.

Cadastro Único:

É um instrumento que identifica e caracteriza as famílias de baixa renda, permitindo que o governo conheça melhor a realidade socioeconômica dessa população. Nele são registradas informações como: características da residência, identificação de cada pessoa, escolaridade, situação de trabalho e renda, entre outras.

A partir de 2003, o Cadastro Único se tornou o principal instrumento do Estado Brasileiro para a seleção e a inclusão de famílias de baixa renda em programas federais, sendo usado obrigatoriamente para a concessão dos benefícios do Programa Bolsa Família, da Tarifa Social de Energia Elétrica, do Programa Minha Casa Minha Vida, da Bolsa Verde, entre outros. Também pode ser utilizado para a seleção de beneficiários de programas ofertados pelos governos estaduais e municipais. Por isso, ele funciona como uma porta de entrada para as famílias acessarem diversas políticas públicas.

Nele, devem estar cadastradas as famílias de baixa renda:

– Que ganham até meio salário mínimo por pessoa; ou

– Que ganham até 3 salários mínimos de renda mensal total.

Fonte: Assessoria de Imprensa e Comunicação Social da Prefeitura de Farroupilha

Publicidade