Publicidade

Realizada de 21 a 25 de agosto, a Semana de Vacinação do Adolescente imunizou 246 jovens de 10 a 19 anos, em Farroupilha, contra Hepatites, Tétano, Febre Amarela, Sarampo, Rubéola, Caxumba, HPV e Meningite C.

Mesmo com a realização da campanha, que chamou atenção para a importância da atualização da caderneta de vacinação – já que as doses erradicam doenças, previnem infecções e reduzem o número de internações hospitalares – as vacinas continuam à disposição durante todo o ano nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

Conforme o Ministério da Saúde, os pais costumam seguir o calendário de vacinação dos filhos rigorosamente quando são crianças. Porém, depois de atingir os seis anos de idade, momento em que a caderneta costuma ficar completa, muitos deixam de se preocupar com a questão. Para alguns imunobiológicos, é na adolescência que se encontra a necessidade de realizar doses de reforço, para manter altos níveis de proteção.

 

Confira a tabela das vacinas, que sempre estão à disposição dos adolescentes

Vacina contra a Hepatite B – o esquema completo é de 3 doses;

Vacina contra o Tétano e Difteria (dT) – o esquema completo é de 3 doses, considerando as vacinas feitas na infância com DTP, DT ou dT, e um reforço a cada 10 anos;

Vacina contra a Febre Amarela – é necessário somente uma dose;

Vacina contra o Sarampo, Rubéola e Caxumba (TRIVIRAL) – o esquema completo é de 2 doses;

Vacina contra o HPV – o esquema completo é de 2 doses (MENINAS de 9 anos a 14 anos 11 meses e 29 dias e MENINOS de 11 anos a 14 anos 11 meses e 29 dias);

Vacina contra a meningite C – o esquema é uma dose para meninos e meninas de 12 a 13 anos de idade.

Fonte: Assessoria de Imprensa e Comunicação Social da Prefeitura de Farroupilha