Publicidade

As óticas de Farroupilha e Bento Gonçalves ainda não estão liberadas para fornecer os óculos aos pacientes.

Atendendo como referência para quase 50 municípios, o Centro de Teleoftalmologia como Estratégia de Atenção Integral à Saúde Ocular (Teleoftalmo – “Olhar Gaúcho”) garante consultas oftalmológicas, verificação da acuidade visual, identificação de doenças que se manifestem através dos olhos e o despacho de receitas para óculos na hora para até 500 pessoas por mês. No caso de problemas de visão, o paciente já sai do posto com a receita e pode obter gratuitamente os óculos em uma das óticas Diniz conveniadas.

A Secretaria de Saúde informa que a partir desta quarta-feira, 11, foi reestabelecido o fornecimento de óculos aos pacientes do Projeto Teleoftalmo nas óticas de Caxias do Sul e Gramado. Mas as óticas de Farroupilha e Bento Gonçalves ainda não estão liberadas para fornecer os óculos aos pacientes, pois as assinaturas do contrato ainda estão em tramitação.

A Teleoftalmologia como Estratégia de Atenção Integral à Saúde Ocular (Teleoftalmo – “Olhar Gaúcho”), é desenvolvida em parceria com o Ministério da Saúde, Associação Hospitalar Moinhos de Vento (AHMV) e Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e a Prefeitura de Farroupilha.

Foto: Adroir Fotógrafo | Fonte: Assessoria de Imprensa e Comunicação Social da Prefeitura de Farroupilha