Na tarde deste domingo, o Brasil de Farroupilha visitou a equipe do União Frederiquense no Estádio Vermelhão da Colina em Frederico Westphalen. A partida teve início as 16 horas e a equipe da casa venceu pelo placar de 2x1.

No primeiro tempo, o Brasil partiu para cima dos donos da casa e logo aos 2 minutos, Gustavinho após cobrança de escanteio, achou Michel que cabeceou forte por cima da meta de William Lago. Logo aos 8 minutos após cobrança de falta de Marcos Rhoden, Ismael rebateu a bola dentro da área e a bola sobrou para o camisa número 10 Queijinho, que empurrou para as redes, abrindo o placar de 1x0 para o União Frederiquense. Com a desvantagem, o Brasil partiu para cima do União e aos 14 minutos, Gustavinho levantou para área, a bola sobrou para Juninho, que já com William Lago batido, chutou e o zagueiro do União tirou com a mão de dentro do gol, o árbitro da partida mandou seguir o lance. A SERC Brasil seguiu no campo de ataque, furando a defesa adversária, teve algumas chances para empatar o jogo, mas não passou disso. A primeira etapa terminou em 1x0 para os donos da casa.

O segundo tempo começou e logo aos 2 minutos, Thomas fez fila passando por três jogadores do União, a bola sobrou para Matheus Laguna que chutou forte e a bola passou muito perto do gol de William Lago. A equipe do União desde o início começou a retardar o jogo, satisfeita com o placar, não deixava o Brasil de Farroupilha impor o seu futebol. O Brasil seguia em busca do empate, até que Paulo Matos resolveu fazer a primeira substituição do jogo, trocando Matheus Laguna por Aldir, e logo no primeiro lance do atacante, cabeceou a bola muito forte para uma boa defesa do arqueiro do União. Aos 24 minutos, Thomas cobrou escanteio na cabeça de Aldir, que balançou as redes do União Frederiquense, empatando o jogo em 1x1. A equipe do Brasil seguia procurando o gol da virada, porém aos 35 minutos, Fischer e Queijinho fizeram uma boa troca de passes, e o último cavou o pênalti cometido pelo lateral Thomas. Fischer cobrou o pênalti, e colocou os donos em vantagem novamente pelo placar de 2x1. Com o placar a favor dos donos da casa, o Brasil seguia em busca do gol de empate novamente, tendo o domínio praticamente de todo o jogo. Mas não passou disso, a partida terminou em 2x1 para os mandantes. Houve graves erros de arbitragem, com lances que prejudicaram o Brasil de Farroupilha em sua estreia na Divisão de Acesso de 2017.

O Brasil de Farroupilha volta a campo no próximo domingo no Estádio das Castanheiras, diante do Esportivo. O clássico Serrano está marcado para as 16 horas.

Ficha técnica:

Escalação União Frederiquense: William Lago, Alisson, Sergipano ,Natan, João Paulo, Richard, Batista, Marcos Rhoden (Joãozinho), Fischer, Vinicius Queijinho (Diógenes); Cris Magno (Fernando Sena).

Escalação do Brasil de Farroupilha: Ismael, Thomas, Douglas, Juninho, Raone, Filipe, Maiquel, Michel, Gustavinho (Matheus Pranke), Matheus Laguna ( Aldir); Dinei (Weltinho).

Arbitragem: Janvie Baroni, auxiliado por Fábio Roberto Winck e Ezequiel de Gois Pereira

Foto: Assessoria de Comunicação Brasil-FA